O Cinema Industrial da Globo Filmes: Pensando a Constituição de um Cinema Popular no Brasil

Vanessa Kalindra Labre de Oliveira

Resumo


Constantemente nos deparamos com críticas aos produtos da Globo Filmes – hoje a maior e mais importante produtora de filmes do país – sustentadas por um tom de desgosto e depreciação em relação a sua lógica industrial e massiva. Mas por que o cinema popular que leva hoje milhões de brasileiros a apreciarem o cinema nacional, coisa antes nunca vista, é amado pelo público (considerando os números de bilheteria), mas condenado pela crítica e apreciação estética? O que está por trás desse tipo de questão? É sobre a raiz deste desacordo, sobre a relação entre cinema e indústria e as mudanças no cenário cinematográfico brasileiro contemporâneo que nos debruçaremos a partir de agora.

Referências



Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens Universidade Tuiuti do Paraná - ISSN / 1980-5276

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.