COMPARAÇÃO DA VARIAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL SISTÓLICA ENTRE PROPOFOL E SUA ASSOCIAÇÃO A CETAMINA NA INDUÇÃO ANESTESICA DE CÃES

  • Fernanda Amorelli Viriato da Silva
  • Lívia Nogueira de Freitas
  • Andrey Lavalle
  • Bruna Adriana de Souza
  • Diogo da Motta Ferreira

Resumo

O propofol é um anestésico geral que possui metabolização rápida, sua redistribuição é
basicamente feita no cérebro para outros tecidos e biotransformado no fígado (Paddleford, 2001).
Sua eliminação é feita pelo tecido adiposo, podendo ser demorada, de acordo com porte e condições
do animal (Short, 1999). O uso do propofol altera a sensibilidade dos barorreceptores promovendo
queda das pressões (sistólica, diastólica e média). Este efeito depressor está intimamente ligado aos
efeitos do fármaco sobre o coração, ocasionando vasodilatação (Ferro et al., 2005), sendo também é
responsável por discreta diminuição na pressão arterial (Short e Bufalari, 1999).

Publicado
2018-10-04