MATURAÇÃO IN VITRO DE OÓCITOS BOVINOS UTILIZANDO MEIO CONTENDO FATORES LIBERADOS EM PRÉVIA MATURAÇÃO DE OÓCITOS

  • Vinicius Antônio Chiot
  • Alessandra Lazarin
  • Andreza de Fátima
  • Maria Theresa Scheffer Pereira da Silva
  • João Filipi Scheffer Pereira

Resumo

A produção in vitro (PIV) de embriões bovinos é uma importante biotecnologia utilizada para
a aceleração do melhoramento genético. Consiste de três etapas laboratoriais, sendo a maturação
in vitro de oócitos (MIV), fertilização in vitro (FIV) e cultivo in vitro (CIV) (Thompson, 2000). A
maturação in vitro envolve dois processos, a maturação nuclear e a citoplasmática. A maturação
nuclear consiste na retomada e progressão da meiose até o estágio de metáfase II da meiose II e
a extrusão do primeiro corpúsculo polar (Varago et al., 2008). Uma vez retirado do fluido folicular,
que contem inibidores da maturação, a retomada e progressão da meiose ocorre independente
das condições ofertadas no meio de cultivo (Gonçalves et al., 2007). A maturação citoplasmática
é um processo de difícil avaliação e consiste basicamente na reorganização das organelas
citoplasmáticas e na síntese de mRNA (Gonçalves et al., 2007). A ocorrência dos dois processos
de maturação, nuclear e citoplasmático, permite ao oócito que, quando fecundado, tenha potencial
para o desenvolvimento embrionário (Gonçalves et al., 2007; Varago et al., 2008) sendo a produção
de blastocistos um fator fidedigno de avaliação indireta da maturação oocitária. Os meios de MIV
mimetizam as condições encontradas durante o processo de maturação in vivo (Sangild, 2000).
Esses eventos são desencadeados por uma cascata de fosforilação e desfosforilação das enzimas
quinases e fosfoquinases que atuam no fator promotor de maturação (MPF), responsável pela
retomada e término da maturação dos oócitos em mamíferos (Gonçalves et al., 2007). O aumento
gradativo destes fatores é observado durante o processo de maturação oocitária (Gonçalves et
al., 2007). A hipótese deste estudo é que a maturação de oócitos bovinos em meio MIV onde foi
maturado previamente outro grupo de oócitos aumenta as taxas de produção embrionária in vitro

Publicado
2018-10-09