Aplicativos interativos: testes realizados na TV digital brasileira

  • Tais Marina Tellaroli Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Resumo

Este trabalho é parte de investigação realizada em tese de doutorado defendida em 2013 e apresenta os aplicativos desenvolvidos pelo setor de radiodifusão brasileiro para aplicação na TV digital interativa. São apresentadas iniciativas das emissoras Rede Globo, SBT, Rede Record e Rede Bandeirantes a partir de 2009 e sua evolução. Os recursos visualizados na época de realização da pesquisa são importantes para registro da história do desenvolvimento da TV digital interativa brasileira. Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas com pesquisadores, engenheiros e executivos das emissoras estudadas. A pesquisa realizada demonstra que a interatividade se encontrava, na ocasião, em um nível incipiente de desenvolvimento, por isso, para o setor da radiodifusão, investir no desenvolvimento de conteúdo interativo tornou-se oneroso e sem previsão de retorno do investimento. A interatividade local é definida como aquela que não transmite dados, apenas os armazena no set-top-box, e tornou-se a principal forma de interatividade explorada pela TV Digital interativa.

Biografia do Autor

Tais Marina Tellaroli, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Doutora em Comunicação pela UMESP. Professora do Curso de Pós-Graduação em Comunicação da UFMS.
Publicado
2018-07-01