Checagem jornalística em tempos de pós-verdade: o caso das delações da JBS envolvendo o presidente Michel Temer

  • Tássia Becker Alexandre Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Maria Clara Aquino Bittencourt Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Resumo

Diante de um período marcado pela difusão de notícias falsas, este trabalho tem como objetivo abordar iniciativas jornalísticas brasileiras que se propõem a checar a veracidade de informações a partir de uma pesquisa exploratória. Para tanto, apresenta-se inicialmente o conceito de pós-verdade e a sua relação com o contexto político. Em seguida, faz-se um recorte de dois exemplos de fact-checking relacionados às divulgações, em maio de 2017, de delações premiadas de empresários da JBS que denunciam atos ilícitos de governantes públicos de alto escalão, incluindo o Presidente da República Michel Temer. Ressalta-se, por fim, outras ações no Brasil que estão lançando um olhar especial à checagem de fatos. Considera-se que os projetos de fact-checking auxiliam no combate à pós-verdade e podem contribuir para o exercício da democracia e formação de um pensamento crítico e complexo.

Biografia do Autor

Tássia Becker Alexandre, Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Jornalista. Mestre em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Doutoranda em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).
Maria Clara Aquino Bittencourt, Universidade do Vale do Rio dos Sinos
Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos.
Publicado
2018-07-01