Escola, violência e formação da cidadania

  • Sidney Reinaldo Silva

Resumo

Este texto aborda a formação da cidadania e do enfrentamento da violência na escola. Discute-se a forma como a violência,
os valores e as virtudes da cidadania são vistos na ideologia da pós-modernidade e o modo como isso tem se apresentado
no âmbito da escola. Aborda-se inicialmente, baseando-se na obra de Lipovetsky, o individualismo, a violência e a gestão
democrática na era do vazio e no contexto da sedução. Posteriormente, numa releitura de Heller, apresenta-se um quadro
das virtudes cidadãs supostamente ainda necessárias para formação da cidadania nas condições políticas pós-modernas.
Por fim, como um sintoma ideológico, mostra-se que a formação da cidadania proposta no Programa Ética e Cidadania
- fomentado pelo Ministério da Educação e a então Secretária Especial de Direitos humanos – é esvaziada do sentido do
trabalho, substância da vida social, como base para se pensar o enfrentamento democrático da violência.

Publicado
2018-06-14