Instituição e burocracia: reconsiderações conceituais

  • Lucas de Matos

Resumo

Com a crescente fomentação da tecnologia, vemos também uma abertura para as críticas sociais, mesmo
que sem uma devida orientação teórica para sustentar tal fim. Ao mesmo tempo se observa a mutação dos
procedimentos burocráticos nos vários organismos, no entanto pouco se sabe sobre os conceitos de burocracia
e de instituições. Nosso intento neste artigo é revisitar as definições atribuídas às instituições e burocracia e
desmistificar o seu uso comum. O objetivo consiste em explanar de uma forma mais conceitual o modo de
gestão através da burocracia, conotação esta que está permeada de significados além da sua função principal
que é a moldagem do indivíduo inserido numa ordem social estamentada. Esta hierarquia condiciona a prática
educacional a cumprir regras que não são necessariamente direcionadas ao indivíduo. Partindo do pensamento
de que a burocracia teria um caráter mais amplo do que o enquadramento do indivíduo para uma vivência
social, aprofundaremos conceitos - tradicionais e modernos - que nos permitem entender as várias nuanças do
que seja a burocracia no seu contexto teórico.

Publicado
2018-06-14