A qualidade de vida no mercado jornalístico de revistas: entre o conceito e o segmento

  • Frederico de Mello Brandão Tavares

Resumo

O presente trabalho busca apontar para a constituição de um segmento no mercardo jornalístico de revistas
voltado para a qualidade de vida, refletindo sobre a natureza deste nicho editorial e das publicações que o
habitam. Partimos aqui de uma análise de títulos de periódicos nacionais e internacionais e refletimos sobre
como a nomeação de revistas serve de panorama para pensar uma estruturação editorial e mercadológica mais
ampla, tendo em vista – na reunião de publicações e em uma publicação específica – a construção de um
significado para o bem-estar em nossa sociedade e a constituição de lógicas simbólicas que permeiam o âmbito
da segmentação jornalística.

Publicado
2018-06-14