A importância das categorias da psicologia social comunitária para as práticas no SUS

  • Katia Gregório Bittencourt Silveira
  • Maria Sara de Lima Dias

Resumo

Buscou-se evidenciar a importância das categorias da Psicologia Social Comunitária, para explorar a sua
capacidade de orientar as práticas psicológicas no âmbito do SUS, o que implica compreender um conceito
ampliado de saúde que envolve a questão da prevenção e do atendimento integral do sujeito. Foi utilizado
como método a revisão de literatura e o resultado deste estudo inicia-se com o histórico do Sistema Único de
Saúde – SUS, apresenta seu marco regulatórios de forma hierarquizada desde a Conferência de Saúde. A seguir
procurou-se evidenciar que algumas das categorias da Psicologia Social Comunitária que podem ser norteadoras
do modelo de atuação profissional preconizado pelo SUS. Consideram-se principalmente as categorias que visam
à autonomia dos sujeitos como: empowerment, conscientização, processos de participação, fortalecimento, importantes para
o tema das práticas do psicólogo no SUS.

Publicado
2018-06-14