Identidades transnacionais: imigração, exclusão e direitos humanos em contextos comparados

  • Rafael Tassi Teixeira
  • Alexsandro Eugenio Pereira

Resumo

Este trabalho procura traçar séries de aproximações entre as questões contemporâneas baseadas nos fluxos de recepção e origem dos distintos movimentos migratórios que examinam a condição mais atual das sociedades “hipermodernidades” (Lipovetsky, 2006): trânsito de pessoas e aceleração dos deslocamentos. Sem por isso, ganharmos uma relativização absoluta do espaço e um desaparecimento do território, a noção possível da pertença e os registros da estrangeiridade em um mundo cada vez mais exclusivo em termos de tratamento sobre agregações e coletividades em situações de trânsito, fazem com que as experiências de vida e os projetos migratórios sejam possíveis em um encurtamento das distâncias físicas. Neste aspecto, o trabalho pretende abrir portas de análise que tornem imperativo o estudo das novas identidades transnacionais (Portes, 2004 e Ribeiro, 2005), buscando traçar análises para produzir interpretações conjuntas sobre a emergência das novas identidades transnacionais e ampliar o interesse da observação das imigrações como fenômeno mundial contemporâneo com relevante impacto sobre as novas dinâmicas da pertença e da estruturação da alteridade.

Publicado
2018-06-19