A Adoção unilateral à luz dos princípios da afetividade e do melhor interesse da criança

  • Eloise de Castro Borba Universidade Tuiuti do Paraná
  • Marcelo Nogueira Artigas Universidade Tuiuti do Paraná

Resumo

O presente trabalho possui a finalidade de analisar a relação existente entre a adoção unilateral e os princípios da afetividade e o melhor interesse da criança, bem como a importância desses princípios para a realização da adoção unilateral. Notou-se que há pouca discussão teórica sobre a matéria, que deve, assim, ser mais explorada. Ademais, verifica-se que o assunto ocorre frequentemente no país, devido às novas formas de família abrangidas pela Constituição Federal. Outrossim, o trabalho visou estudar o conceito e a evolução da legislação em relação à adoção, bem como buscou compreender o conceito e a importância dos princípios da afetividade e do melhor interesse da criança.

Biografia do Autor

Marcelo Nogueira Artigas, Universidade Tuiuti do Paraná

Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1995) e graduação em Administração pela Faculdade Católica de Administração e Economia (1994). Mestrado em Psicologia Forense pela Universidade Tuiuti do Paraná. Atualmente é professor assistente da Universidade Tuiuti do Paraná, atuando principalmente na área cível e família.

Publicado
2020-03-18