O efeito da intensidade de carga de trabalho na atenção e memória

  • Bruna dos Santos de Almeida
  • Sthefane Rebeca Chiocca Sikora

Resumo

Os desempenhos de atenção e memória são importantes para a realização de várias tarefas cognitivas, que vão
desde lembrar um compromisso importante até realizar um trabalho acadêmico ou apresentar um projeto para a
diretoria de uma empresa, estas tarefas demandam diferentes níveis de carga de trabalho, o que permite perceber
que carga de trabalho e desempenho estão diretamente relacionados. Este estudo pretende verificar se, em situações
de diferentes intensidades de carga de trabalho, há alterações no desempenho de atenção e memória de trabalho.
Para isto, foi realizado um estudo com trinta e quatro participantes de ambos os sexos, que foram distribuídos
igualmente em dois grupos, e submetidos a cargas de trabalho de intensidades diferentes, os participantes de um
dos grupos foram requeridos a assistir um filme e os participantes do outro grupo realizaram a transcrição de
entrevistas gravadas em arquivos de áudio. Foram aplicados pré e pós-testes de atenção e memória. Os resultados
sugerem que as atividades utilizadas foram percebidas de formas diferentes pelos participantes dos grupos no
que se refere à carga de trabalho. Foi verificada também, melhora no desempenho cognitivo entre pré e pós-teste
para os dois grupos, mas não foi encontrada diferença estatisticamente significante entre os grupos submetidos às
diferentes cargas de trabalho. O estudo apresentado verificou que, mesmo havendo percepções subjetivas diferentes
em relação à carga de trabalho não foram encontradas diferenças no desempenho cognitivo. Nessas condições,
atenção e memória de trabalho parecem não ser afetadas diferencialmente pela carga de trabalho.