Prólogo

  • Cleide Meirelles Esteves Piragis

Resumo

Schumpeter, em seu livro “A Teoria do Desenvolvimento Econômico” (1912), nos faz observar que “todo
colegial precisaria ser um gigante mental, se ele próprio tivesse que criar por meio de sua própria atividade
intelectual, tudo o que sabe e usa”.
A Universidade enquanto espaço para se desenvolver a comunicação humana, as tecnologias, possui
consistência própria, face à funcionalidade de cada um em relação às exigências dos processos interativos
humanos que, por sua vez, determinam uma forma específica de linguagem e de inteligibilidade.