Qualidade de vida de pacientes com neoplasia de cabeça e pescoço: uma revisão integrativa

  • Ricardo Isaias Testoni
  • Vânia Muniz Néquer Soares
  • Cláudia Giglio de Oliveira Gonçalves
  • Luciana Puchalski Kalinke

Resumo

Realizar revisão integrativa sobre Qualidade de Vida (QV) em pacientes com neoplasia de cabeça e pescoço.
Metodologia: Foi realizada busca dos artigos nos bancos de dados da Bireme, Medline, Lilacs, Scielo, Pubmed
e Google acadêmico, publicados no período de 1992 a 2012 com os descritores: qualidade de vida, neoplasias
de cabeça e pescoço e enfermagem. Resultados: Foram identificados 25 estudos, com predomínio no ano de
2006 com sete (28%) estudos, a maioria nos periódicos Oral Maxillofac Surg com cinco (20%), e Head Neck
com quatro (16%), 23 (92%) de natureza descritiva, quantitativo. Apenas dois estudos (8%) têm como o país de
origem o Brasil. Os domínios mais afetados foram: físico, psicológico, mental e relações sociais. Destacaramse
no domínio físico os aspectos como dor, dificuldades de mastigação, disfagia, vitalidade, fadiga, além de
dificuldades na fala. Conclusões: Estudos sobre qualidade de vida dos pacientes com neoplasia de cabeça e
pescoço, com aplicação de instrumentos clínicos confiáveis e válidos, podem contribuir para identificação do
elo entre a necessidade de intervenção e a assistência qualificada a esta população.