A produção fonoaudiológica do conhecimento acerca do envelhecimento entre os anos de 2000-2005

  • Giselle Massi
  • Celso Luiz Gonçalves dos Santos Jr.
  • Ana Paula Berberian
  • Regina Célia Celebrone Lourenço

Resumo

Esse texto objetiva analisar a produção de conhecimento acerca da temática do envelhecimento humano veiculada
em periódicos específicos da área dos Distúrbios da Comunicação, entre 2000 e 2005. Foram considerados artigos
originais, resenhas, artigos de atualização, relatos de caso e artigos de revisão das Revistas Pró-fono: revista de
atualização científica; Revista Distúrbios da Distúrbios; Revista Fonoatual; Revista da Sociedade Brasileira de
Fonoaudiologia. A análise estatística foi realizada por meio do Teste de Diferença de Proporções, em nível de
significância de 5%. Resultados: A pesquisa apontou que a produção bibliográfica em torno do envelhecimento
é incipiente, pois apenas 11,04 voltam-se para idosos. As temáticas mais abordadas correspondem à audiologia,
em 38% dos registros. O tipo de intervenção mais estudado vincula-se, em 86%, à avaliação/diagnóstico, sendo
que o contexto institucional clínico aparece em 75% das publicações. Os dados anunciam a necessidade de
uma distribuição mais equânime das temáticas, faixas etárias, tipos de intervenções e contextos institucionais
abordados nos artigos veiculados nos periódicos analisados. Novas cartografias devem ser realizadas para
subsidiar a definição de ações e campos estratégicos para o implemento da pesquisa na área fonoaudiológica
voltada para produção do conhecimento acerca do envelhecimento.