Paraná Concreto: visão histórica do processo de urbanização

  • Cleide Meirelles Esteves Piragis

Resumo

O objetivo desta pesquisa é buscar a identidade entre o sonho da casa própria e a aplicação das economias da
população não como um fato novo, mas como reflexo da atitude da humanidade. Assim sendo, a análise da ocupação
do solo urbano sob o aspecto histórico possibilitará, numa primeira fase, a compreensão do tema em pauta baseado
na visão documental de estudos realizados para melhor compreender a projeção do desenvolvimento regional e
urbano do Paraná/Curitiba. Procura-se, com isso, demonstrar a origem dos empreendimentos, destacando em
especial a transformação do capital econômico em financeiro e ambos em busca dos bens que possam garantir certa
rentabilidade e qualidade de vida, mesmo tendo se posicionado em várias flutuações econômicas. O investimento
produtivo exige um processo de produção, consumindo força de trabalho, matéria-prima, energia, equipamentos capaz
de acionar empreendimentos de construção civil e urbanísticos e ampliar os nichos de emprego. Este capital, sob suas
diversas formas, poderá ser utilizado para produzir habitações populares. Trata-se, portanto, de uma questão de opção
gerada pelas perspectivas de possibilidade de produção, das políticas públicas, provenientes do mesmo excedente e
canalizando-o em parte para os investimentos, que refletem as expectativas das sociedades em certo momento. Como
principal dinâmica metodológica, a pesquisa, em sua sequência, reunirá uma equipe multidisciplinar de profissionais
de diversas áreas do conhecimento científico para, conjuntamente, desenvolverem projetos que avaliem os aspectos
socioambientais, recursos de infraestrutura e recursos sociais, possibilitando criar um ambiente que caracterize
viabilidade de qualidade de vida, num programa de construção de moradias populares com qualidade e se projete
em modelos executáveis já registrados como prioridade nos planos diretores dos municípios.

Publicado
2018-06-14