Concepções sobre as mudanças climáticas em comunidades do entorno de unidades de conservação na região centro-sul do Paraná

Resumo

O presente estudo avaliou as concepções de mudanças climáticas (MCs) de grupos que vivem no entorno de Unidades de Conservação (UCs) presentes na região centro-sul do Paraná. Isto, porque, ações imediatas de educação ambiental (EA) com estes grupos são prioritárias para conter o desmatamento das florestas brasileiras e mitigar as MCs. A pesquisa foi qualitativa e utilizou um questionário como instrumento para coleta de dados. A análise dos dados deu-se pela análise textual discursiva. Participaram da pesquisa 50 sujeitos. Estes apresentaram concepções de MCs que não incluíam as esferas políticas e sociais, intrínsecas a ela. Esses resultados sinalizam para a necessidade de se intensificar a abordagem crítica de EA para com estes grupos, de modo a promover o pensamento crítico e à habilidade para resolução e minimização de problemas relacionados à vulnerabilidade dessas populações aos efeitos das mudanças climáticas.

Biografia do Autor

Anderson Souza Moser, Universidade Federal do Paraná

Mestre em Educação para Ciências e Matemática (UEM) e doutorando em Educação (UFPR) 

Publicado
2022-12-12