A ressignificação do saber-fazer na experiência dos professores comunitários do Programa Mais Educação

  • Agnaldo Mesquita de Lima Junior Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Gionara Tauchen

Resumo

A presente pesquisa surge com o intuito de investigar os saberes e as necessidades formativas dos Professores Comunitários no âmbito da gestão do Programa Mais Educação desenvolvido no município de Jaguarão, no estado do Rio Grande do Sul. Assim, nos utilizamos de uma abordagem qualitativa, de caráter narrativo (Gibbs, 2009). Para a realização do presente estudo foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 06 (seis) sujeitos, que posteriormente foram analisadas com base no proposto em Schütze (2013). A partir desse estudo, foi possível perceber o caráter coletivo do trabalho do Professor Comunitário. Destacamos também a troca de experiências como ponto chave para a produção de saberes pelos Professores Comunitários. Isso propiciou o compartilhamento dos saberes-fazer junto ao coletivo de Professores Comunitários, o que originava o desenvolvimento de um "saber-fazer socializado/coletivo". 

Biografia do Autor

Agnaldo Mesquita de Lima Junior, Universidade Federal do Rio Grande - FURG
Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG - E-mail: Agnaldo-mesquita@hotmail.com
Gionara Tauchen

Doutora em Educação pela Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS - Professora Adjunta do Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, E-mail giotauchen@gmail.com

Publicado
2019-07-03